Seguro fiança ou título de capitalização: qual a melhor escolha na hora de alugar?

 Já falamos, algumas vezes sobre o seguro-fiança, modalidade prevista na Lei do Inquilinato, e que oferece inúmeras vantagens para inquilinos e proprietários de imóveis residenciais ou corporativos. Contudo, há outra modalidade que tem se mostrado cada vez mais comum entre quem pretende alugar um imóvel: o título de capitalização para aluguel. E a equipe da Nit Seguros, empresa que também oferece esta opção aos seus clientes preparou um comparativo para que você descubra qual a mais adequada para o seu caso. Confira!

 

Como funciona?

  • Seguro fiança locatícia: é o seguro que garante ao proprietário o pagamento tanto de aluguéis quanto de outros encargos referentes ao imóvel, em caso de inadimplência. Pode ser utilizado para locação de todo tipo de imóvel, desde que localizados em área urbana.

 

  • Título de capitalização: é também uma garantia em contratos de locação de imóveis tanto residenciais quanto comerciais, localizados em qualquer região. Em caso de inadimplência, pode ser resgatado pelo proprietário quanto pela imobiliária para a quitação de débitos do inquilino.

 

 

Como é feita a contratação

  • Seguro fiança locatícia: é necessária a aprovação cadastral da seguradora, em  que são verificadas renda – que deve ser 3 vezes maior que o valor do aluguel –  e histórico financeiro do futuro inquilino.
  • Título de capitalização: não há a necessidade de análise cadastral. O candidato deve ser maior de 16 anos e pagar o valor referente à garantia negociada com o proprietário para fazer a contratação do título de capitalização. Inclusive, não é necessário comprovar renda.

Valores

  • Seguro fiança: o custo anual está entre 1 e 2 vezes o valor do aluguel.
  • Título de capitalização: o custo varia de acordo com o valor da garantia negociada, sendo, na maioria das vezes, entre 6 a 12 vezes o valor do aluguel.

 

Forma de pagamento

  • Seguro fiança: o valor pode ser pago à vista ou parcelado, em boleto, débito em conta-corrente, cartão de crédito ou, ainda, embutido no valor do aluguel.
  • Título de capitalização: o pagamento deve ser realizado, obrigatoriamente, à vista, por meio de boleto bancário.

 

Renovação

  • Seguro fiança: a renovação acontece mediante novo pagamento referente à renovação do contrato de locação.
  • Título de capitalização: não há necessidade de novo pagamento, sendo a reaplicação automática até que a locação se encerre.

Coberturas e garantias

  • Seguro fiança: a cobertura garante o pagamento do aluguel, multas e, até mesmo, os encargos com uma ação de despejo. Coberturas relacionadas a outras despesas, como condomínio e IPTU devem ser contratadas de forma adicional. Além disso, há os serviços 24 horas que podem acionados para reparos emergenciais, como serviços de eletricista, chaveiro e encanador.
  • Título de capitalização: no caso de inadimplência, o resgate do valor pode ser solicitado pelo proprietário para quitar os débitos do inquilino. Este resgate também pode ser solicitado caso, ao fim do contrato, haja necessidade de reparos no imóvel. Além disso, há os serviços 24 horas que podem acionados para reparos emergenciais, como serviços de eletricista, chaveiro e encanador.

 

Outra vantagem em relação ao seguro fiança é que os títulos de capitalização também dão ao inquilino a possibilidade de participar de sorteios de prêmios em dinheiro, que podem variar conforme a empresa. Além disso, 100% do valor pode ser resgatado com o fim do contrato de locação.

 Se você mora no Rio de Janeiro e deseja saber mais informações sobre estes e outros seguros, entre em contato com a equipe da Nit Seguros. Ligue para um de nossos números (21)2509-3788 e (21)2509-3869.